Este blog é dedicado a compartilhar conhecimentos nas áreas de Manutencao de Computadores, Humor, Tutoriais, Internet, Noticias, Técnologia e Informatica de Modo Geral...

Kaku - Player multiplataforma e altamente integrado

 
O Kaku é um player de música multiplataforma e altamente integrado, criado por Chia-Lung Chen (EragonJ), que suporta diferentes sites como YouTube, SoundCloud, Vimeo e outros mais. Ou seja, é uma excelente alternativa ao Spotify.

No início, o Kaku era apenas um pequeno projeto feito como um presente. Mas depois de um tempo,  se tornou um grande projeto que inclui muitos recursos incríveis.
 

Kaku tem código aberto no GitHub e é mantido por muitos colaboradores. Usando tecnologia web, o programa suporta Windows, Mac OS e Linux. Sinta-se livre para baixar qualquer um que corresponda à sua plataforma!
 
Não sou muito de ouvir música online mas me interessei por esse pequeno aplicativo por ser pequeno, leve e funcional. Vi uma matéria sobre ele no site do Edivaldo Brito, ensinando a instalar o Kaku no linux e resolvi testar e descobri que é muito bom.


Site e Download: kaku.rocks


Ler mais »

Como verificar se a chave do Windows é legítima


Uma cópia do Windows só é genuína se tiver sido ativada usando uma chave válida. Quando você compra chaves do Windows em sites da Microsoft ou as obtém dos OEMs, você pode ter certeza de que elas são genuínas. Mas você precisa ter cuidado se você comprá-los de sites de terceiros. Então, as chaves do Windows 10 que você compra de outro site como a Amazon, etc., são legítimas ou legais? Isso depende!

O maior problema porque muitos consumidores obtêm uma licença - que é vendida a um preço muito baixo - e que mais tarde se torna inválida é porque podem ser chaves de produto desativadas ou chaves de licença de volume

Como verificar se a minha chave do Windows é genuína


Existem diferentes tipos de chaves. As chaves do Windows 10 que o consumidor compra diretamente, são geralmente válidas até a vida útil da máquina (varejo e OEM).

Há mais um tipo de chave: Licenciamento por Volume (MAK e KMS). Empresas ou grandes empresas compram essas chaves para ativar computadores em massa.

Existem muitos relatos onde vendedores terceirizados venderam essas chaves para os consumidores a um preço barato. Essas chaves podem ser ativadas em vários computadores ou trabalhar por um par de meses.

É melhor não comprar uma chave de alguém que não está autorizado a vender chaves do Windows 10. E se alguém está autorizado, e eles oferecem baixo preço, certifique-se de perguntar se a chave vai funcionar mesmo após a reinstalação.

Há dois cenários

  •     Primeiro onde você tem a chave, e quer verificar antes de realmente usá-la.
  •     A segunda é quando você já a usou, mas ainda assim, quer verificar.

Vamos dar uma olhada em como você pode descobrir se sua chave do Windows é genuína.

Use as ferramentas do verificador de PID

1- Como verificar se a minha chave do Windows é genuína

Temos duas ferramentas aqui - The Ultimate PID Checker e Microsoft PID Checker - que você pode usar para descobrir se a chave do Windows 10 é legítima. Enquanto o Ultimate PID Checker funciona para todas as versões antes do Windows 10, o Microsoft PID Checker funciona apenas para Windows 10 e Server 2016.

Se a chave não for legítima ou for inválida, o software lhe dará uma resposta de volta. Ele também pode ser usado para verificar a contagem de MAK.

2- Verificar a chave do Windows com a interface de utilizador de licenciamento de software


Abra o Prompt de Comando como Admin e executar o seguinte comando:
slmgr /dli

O parâmetro "dli" exibirá informações sobre a licença atual com o status de ativação.

O resultado também incluirá o tipo de chave (Retail, OEM, MAK ou KMS). Se o status da licença diz "Licenciado", então você não tem um problema. Se houver mais alguma coisa, a sua chave não é válida. Além disso, se você vê o tipo como MAK ou KMS, e você é um consumidor geral, você precisa entrar em contato com a empresa onde comprou a chave, e obter uma chave de varejo.

Fonte Original: thewindowsclub.com


Ler mais »

Instalando Pale Moon no Ubuntu


Para usuários e simpatizantes do Linux, principalmente para iniciantes, o site do Edivaldo Brito é um dos melhores atualmente. Tenho acompanhado o site a muito tempo e suas dicas, tutoriais e matérias tem me ajudado muito. Da mesma forma, para fãs do navegador Pale Moon, como eu, ele tem uma dica de como instalar este excelente navegador no sistema operacional Ubuntu e derivados de maneira simples. Segue a dica:

Como instalar o navegador web Pale Moon no Ubuntu 19.10 e derivados


Gosta do Firefox (mas não gosta da velocidade dele), conheça e veja como instalar o navegador web Pale Moon no Ubuntu 19.10 e derivados. Por Edivaldo Brito

Se você gosta do Firefox (mas não gosta da velocidade dele), conheça e veja como instalar o navegador web Pale Moon no Ubuntu 19.10 e derivados.

O Pale Moon é um projeto derivado da base de códigos do Firefox para garantir maior desempenho, preservar a interface clássica, minimizar o consumo de memória e fornecer opções adicionais de configuração.

Em comparação com o Firefox, o navegador mantém o suporte à tecnologia XUL e mantém a capacidade de usar temas completos e leves.

Pale Moon é baseado na plataforma UXP (Unified XUL Platform), no qual foi realizado um ramo dos componentes do Firefox do repositório Mozilla, livre de links de código na linguagem Rust e excluindo os desenvolvimentos do projeto Quantum .

Os desenvolvedores da Pale Moon criam versões de seu navegador para que possam ser instaladas no Windows e no Linux (x86 e x86_64). O código do projeto é distribuído sob a licença MPLv2 (licença pública da Mozilla).

Para instalar o navegador web Pale Moon no Ubuntu 19.10 e derivados, e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando ou use esse tutorial;

sudo sh -c "echo 'deb http://download.opensuse.org/repositories/home:/stevenpusser/xUbuntu_19.04/ /'> /etc/apt/sources.list.d/home:stevenpusser.list"

Passo 3. Baixe e instale a chave do repositório do programa com o comando:

wget -q -O- https://download.opensuse.org/repositories/home:stevenpusser/xUbuntu_19.04/Release.key | sudo apt-key add -

Passo 4. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get update

Passo 5. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install palemoon

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite palemoon ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Desinstalando o navegador web Pale Moon no Ubuntu e derivados

Para desinstalar o navegador web Pale Moon no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Desinstale o programa, usando os comandos abaixo;

sudo apt-get remove palemoon --auto-remove

Para mais noticias, dicas e tutoriais linux muito interessantes como esse, acesse o site edivaldobrito.com.br e divirta-se

Ler mais »

Links da semana


Ler mais »